Capital Social

Ao se tornar associado ou pontualmente, o cooperado investe um valor em cotas do Capital Social. Essa integralização não é uma tarifa, mas um aporte que possibilita a sustentação e o desenvolvimento da cooperativa. São as cotas que dão ao cooperado a condição de dono da Cooperativa, permitindo-lhe usufruir dos serviços e produtos oferecidos.

O Capital Social é a principal fonte formadora do patrimônio da Cooperativa, que compõe os recursos que são disponibilizados para as demandas de crédito dos próprios cooperados.

Outra vantagem é que o capital acaba se tornando um ótimo investimento de longo prazo. Além de ser remunerado em até 100% da taxa Selic (Sistema Especial de Liquidação e de Custódia), todo o recurso aplicado em Capital Social é de propriedade do associado, livre de taxa administrativa ou desconto, e pode ser resgatado nas condições previstas no Estatuto Social.
VOLTAR AO TOPO

RECEBA NOSSOS COMUNICADOS

× Sucesso! Seu cadastro foi realizado e em breve você deverá receber nossos comunicados.